SHOPPING

Didi: O Cupido Trapalhão (Didi: O Cupido Trapalhão)

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro!

Nome ou apelido:

E-mail:

Título:

Mensagem:

SINOPSE

Didi é um anjo atrapalhado que nem mesmo O Grande Chefão (Deus) teve paciência de agüentar no céu. Por isso Didi é enviado à Terra como cupido, com a missão de tornar os casais apaixonados. Se ele conseguir unir ao menos um casal, volta para o céu. Se não, pode até descer um pouco mais... Porém, logo que chega à Terra, o trapalhão Didi resolve unir justamente o casal que jamais deveria ser aproximado: Romeu e Julieta, pois esta história acaba mal.

Romeu é um humilde entregador de lanches que sonha em ser cantor. Julieta é a bela e sonhadora filha de Dona Ana e de Dr. Poleto, um homem de negócios que quer obrigar a filha a se casar com Páris, um político arrogante e sem caráter.

Didi se emprega na casa de Julieta e aproveita a festa onde Páris vai propor o noivado, para aproximá-la de Romeu. Didi se oferece para ajudar na festa. Chama Romeu e alguns amigos para trabalharem de garçons. Durante a festa, depois de muita música e diversão, Didi consegue, finalmente, flechar Romeu e Julieta. A paixão dos dois é arrebatadora, a ponto de provocar reações ciumentas de Páris e contrárias da família. A festa quase acaba em confusão, mas o talento de Romeu acaba salvando a situação.

Depois de mais de uma tentativa frustrada de conquistar Julieta, Páris acaba sendo ludibriado por Didi, Romeu e amigos e acaba perdendo o respeito de Dr. Poleto. Inclusive, é expulso da casa do ex-sogro de forma ridícula. Quando o caminho parece livre para o amor de Romeu e Julieta, Dr. Poleto descobre o romance dos dois e trata de separá-los com determinação: humilha e demite Didi, depois expulsa Romeu de sua casa.

Julieta, desesperada, prefere morrer a ficar sem Romeu. Didi então tem uma idéia que faz com que os dois, como na história original, tomem um veneno e "morram" de amor um pelo outro.

Será que Didi falhou em sua missão de cupido?

ELENCO

RENATO ARAGÃO (Didi),
DANIEL (Romeu),
JACKELINE PETKOVIC (Julieta),
TADEU MELLO (Tatá),
HELEN GANZAROLLI (Suzy),
ARAMIS TRINDADE (Páris),
ARMANDO PAIVA (Angelino),
DANY BANANINHA (Natália),
KLEBER BAMBAM (Bambam),
MICHELLE MARTINS (Bianca),
JACARÉ (Jacaré),
VANESSA BUENO (Adriana),
MARCELO AUGUSTO (Marcelo),
FERNANDA CHUQUER (Carla),
JORJÃO (Segurança 1),
MARCELO PORTINARI (Segurança 2),
MAURO MENDONÇA (Dr. Poleto),
ROSAMARIA MURTINHO (Dona Ana),
OSCAR MAGRINI (Nonô),
HERSON CAPRI (Seu Arcângelo),
LÍVIAN TARANTO ARAGÃO (Anjinho Livinha),
LUCAS ROCHA (Poletinho),
JULIANA ZAMBRANO (Luíza)

REALIZADORES

PAULO ARAGÃO e ALEXANDRE BOURY (direção),
DILER TRINDADE (produção),
LUIZ CLÁUDIO MOREIRA e PAULO SÉRGIO ALMEIDA (produtores associados),
GERALDO SILVA DE CARVALHO (produtor delegado),
TELMO MAIA (produtor executivo),
CEZAR MORAES (direção de fotografia),
PAULO FLAKSMAN (direção de arte),
JOSÉ MOREAU LOUZEIRO (som direto),
CARLA ANDRETE (figurino),
OSWALDO EDUARDO LIOI (cenografia),
PIMENTA JR. (direção de produção),
CIBELE SANTA CRUZ (produção de elenco),
NATALIA GRIMBERG e PAULO CURSINO (roteiro),
FLÁVIO DE SOUZA (colaboração nos diálogos),
JOÃO PAULO CARVALHO (montagem)

© 2003-2016 SuperCinema.com.br. Todos os direitos reservados. | Fale conosco